Cristo Redentor é eleito uma das novas sete maravilhas do mundo
 
Cristo Redentor é eleito uma das novas sete maravilhas do mundo
Da Agência Lusa
 
envie por e-mail
imprimir
comente/comunique erros
download gratuito

Lisboa (Portugal) - A Grande Muralha da China, o Taj Mahal (Índia), monumento ordenado pelo imperador Shah Janan em honra à esposa, a princesa Mumtaz Mahal, Petra (Jordânia), a cidade inca Machu Picchu (Peru), a pirâmide de Chichén Itzá, localizada na península de Yucatán, no México, o coliseu de Roma e o Cristo Redentor são as novas Sete Maravilhas do Mundo, conforme foi hoje (7) anunciado em Lisboa.

A eleição das Novas Sete Maravilhas do mundo, que decorreu no Estádio da Luz, em Lisboa, foi uma iniciativa da New 7 Wonders Foundation, criada em 2001 pelo antigo produtor suíço Bernard Weber.

A primeira nova maravilha a ser anunciada foi a Grande Muralha da China, erguida há mais de 2 mil anos e que se estende por cerca de 6.700 quilômetros.

O futebolista português Cristiano Ronaldo anunciou a vitória da pirâmide de Chichén Itzá. O coliseu de Roma foi o único monumento europeu a ser eleito.

A escolha foi criticada pela Unesco por não contribuir para a preservação dos locais eleitos e limitar-se aos votos de quem tem acesso à internet ou telefone.